quinta-feira, 11 de junho de 2009

Dois Pesos

*
(Acompanhei na mídia)
Um ex-militar octogenário que luta contra o câncer e já gastou com medicamentos as economias de toda uma vida . Uma senhora, também idosa, que mal pode falar devido a complicações respiratórias. Esses são apenas dois exemplos de cidadãos a quem o governo (municipal, estadual ou federal, não me lembro) deve dinheiro (o famoso precatório- uma ordem de pagamento). Ambos foram favorecidos por decisões judiciais e ainda não ressarcidos. Segundo informações de um telejornal, a Fazenda pública deveria liquidar esse tipo de dívida em até 18 meses. Entretanto, com nos dois exemplos acima, há diversos outros na fila de espera que tiveram o prazo de pagamento ultrapassado em vários anos. Pergunto a quem possa responder: quando a Receita Federal, ou qualquer órgão governamental cobra um cidadão comum, o faz com ameaças que incluem multas seriíssimas e prisão. E no caso de representantes públicos e governo caloteiros, quem vai para a cadeia?
*

2 comentários:

Petê Rissatti disse...

Vivemos num turbilhão de interesses excusos e prejuízos humanos. Entristece e enraivece, por isso lutar é preciso: seja com letras, seja com atos. Lutar é preciso, viver não...

Saudades docê menina. Beijos

Anônimo disse...

Olá,
Gostaria do e-mail para contato do dono do blog ou responsável da área comercial/marketing para a oferta de uma proposta comercial. Favor enviar e-mail de resposta a roberto@meumoveldemadeira.com.br
Atenciosamente,
www.meumoveldemadeira.com.br
047-3634-3202 / 0800-645-9009