terça-feira, 14 de julho de 2009

Viajante Virtual


*


Sem dinheiro para viajar? Medo de avião, ataques terroristas, terremotos e outros desastres naturais; diferenças idiomáticas intransponíveis, dificuldade em lidar com a distância de familiares e amigos? Seus problemas acabaram!
P
Esta série de posts, Viajante Virtual, que inauguro em meu blog, tem presunção de nos levar aos lugares mais longínquos sem que seja necessário nos mover do conforto de nossa casa. A cada viagem, exploraremos as particularidades, as curiosidades dos locais visitados, sem os limites físicos de um tour real, mas com a mesma finalidade: conhecer os lugares e seus costumes, sua gente, sua música, comida, festas, etc.* Preparado? Então sigamos...

Nossa primeira parada será...

Provença- França. A Provença, para começar, é o nome dado a uma região inteira, que se estende da margem esquerda do rio Ródano até a margem esquerda do rio Var, que limita o condado de Nice.

Neste primeiro dia, estaremos em Saint-Julien-Du-Verdon. Em 2006, o local tinha 17 habitantes por Km². Para que tenhamos uma noção, a cidade de São Paulo tem aproximadamente 7.216 habitantes por Km², segundo a Wikipedia.

Embora pareça próxima do fim do mundo em termos de contatos sociais, a região é bastante turística e guarda paisagens maravilhosas. Antes, porém, saibamos exatamente onde estamos.
P
P
P

Às margens do Lago Castillon, vista do Google Earth. 43º54'51.80"N/ 6º32'25.14"L

P
Saint-Julien-du-Verdon fica a 60 minutos do aeroporto de Nice, a 10 minutos (8 km) das lojas de Saint Andre Les Alpes. Todo circundado de pinheiros e carvalhos, trata-se de um lugar ensolarado e verdejante, às margens do lago Castillon, a 900m acima do nível do mar.


Chegando à Saint Julien! Deixemos que as imagens falem por si mesmas. Eis o que nos recepciona:



Hospedaremo-nos no Le Chalet de L’Imaginaire, acomodação 5 estrelas, cuja localização nos convence de imediato:



Que horror a cor dessa água! Como bônus, talvez devamos fazer algumas massagens relaxantes, de vista para o Lago, claro. Sessões de reflexologia são oferecidas aos hóspedes!

Ah, mimo: as massagens são feitas com óleo de lavanda natural, colhida ali mesmo na região dos Alpes! Não é o máximo?


Agora, bem relaxados, podemos ir em busca de alimentação. Que tal na cidade vizinha de Saint Andre? Na Rue de Monges, há um restaurante, o L'Olivier, elogiado por turistas por sua cozinha francesa saborosa e preço bastante coerente.


De volta a Saint Julien, ainda há tempo de conhecermos a Capella de Notre Dame do séc. XVII, porque é verão e a noite tarda a chegar.


A propósito, Notre-Dame significa Nossa Senhora, e há dezenas de Notre Dames espalhadas pela França. A mais famosa, no entanto, fica em Paris, foi construída em estilo gótico, e teria inspirado Victor Hugo a criar O Corcunda de Notre-Dame. Uma olhadela em uma das fachadas deixa-nos imaginar a grandiosidade da obra. Percebem as gárgulas? Incríveis!



Mas... estamos no campo, longe da civilização. Planos para amanhã: diversão e compras! Não exatamente nessa ordem.

Nem bem o sol raiou e deixou o Lac de Castillon ainda mais azul, descobrimos que nas cercanias fica a maravilhosa loja de produtos para banho e perfumes Mad et Len. O nome vem de Madeleine, e é uma referência a obra de Proust, Em Busca do Tempo Perdido. Tudo na loja é feito a mão e com bastante cuidado pelo dono e sua esposa.

P

Trés Chic: comprar velas de gardênia e patchouli oriental e queimá-las ao mesmo tempo para um aroma inigualável! Uau! Perfumaremos nosso quarto esta noite no chalet!





Durante o dia, aproveitaremos as atividades náuticas oferecidas pelas redondezas, como canoagem e rafting. Depois almoçaremos no próprio restaurante do chalé, enquanto nos deleitamos com a vista do Castillon, que possui uma superfície de 5 Km² . Ah, podemos também andar a cavalo, fazer paragliding, ou jogar tênis.




Se quisermos algo menos radical, uma caminhada pela região nos deixará igualmente de boca aberta com suas casas de pedra e ruas estreitas, que lembram as construções medievais.



À noite, degustaremos a fina cuisine do Chalet e um bom vinho francês. Amanhã partiremos daqui para outro lugar de sonhos...

...por enquanto, sintam a fragrância da gardênia ardendo na varanda, enquanto a brisa do lago sopra seus bons ares noturnos de verão! Esta noite, sonhemos com campos de lavanda...



Foto de Gerald Brimacombe

*


The pictures:

fig. 1: Google Earth
fig. 2: http://www.gites-de-france-04.fr/tzr/scripts/resizer.php?filename=T004/img1/ef/78/aa0apx3qaghpif5l2x5eqe71&mime=image%2Fjpeg&geometry=437%3E
fig. 3-http://1.bp.blogspot.com/__7afloJjRwQ/SSJ3pUej_SI/AAAAAAAABu4/9vBf8k9vMRk/s1600-h/St+Julien+du+Verdon+-+Mad+et+Len+-+www.ShopCurious.com.jpg
fig. 4: http://en.lechaletdelimaginaire.com/Home_files/shapeimage_3.png
fig. 5: http://www.rainforthrentals.co.uk/cavaillon_local.html
fig. 6: Google Earth
fig. 7- capela notre damme XVII
fig. 8- http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/1/1c/Notre-Dame-Paris_east_2.jpg
fig. 9- http://www.shopcurious.com/Products/Mad-et-Len/Coffret-of-curiosity-candles-mandarine-and-gingembre.aspx
fig. 10: http://www.terreprovence.com/imageFiles/hebergement/993/pho_4287_pho_photo.jpg
fig. 11: http://www.net-verdon.com/docs/saint-julien/saint-julien-14.JPG
fig. 12: http://www.geraldbrimacombe.com/France/France%20-%20Provence%20-%20Lavender%20wild%207x4.jpg

*Tenha-se em consideração que a viagem é virtualíssima, portanto não simula dificuldades de nenhum tipo, físicas, financeiras, etc. As fontes consultadas, as fotos, e todos os demais dados não são de responsabilidade da autora deste blog, apenas foram pesquisados por sua curiosidade e incentivadas por sua grave fobia de aviões.

Nenhum comentário: